sexta-feira, 26 de Junho de 2009

Novo uso para latas!

Como já devem ter percebido gosto de aplicar os três "R" da educação ambiental: reciclar, reutilizar e reduzir.
A ideia que trago hoje é sobre como reutilizar as latas que compramos com os mais variados alimentos: leite condensado, tomate pelado, milho, ...
As minhas latas tinham como destino habitual a reciclagem, até ao dia em que me lembrei de lhes dar um novo uso. Ficariam perfeitas como latinhas de bolachas.
Depois de devidamente embelezadas deram um amoroso recipiente de oferta.

O processo foi simples. Primeiro é preciso lavar muito bem a lata usada e retirar-lhes o papel e a cola. Há que ter atenção aos bordos cortantes das latas. As de abertura fácil não têm bordos cortantes, e as que não têm, como eu uso um abre latas electrico também ficam livre de bordos perigosos.
Enchi as latas com as bolachinhas (a receita está aqui!), que eu tive o cuidado de fazer de acordo com o diametro da lata, e com película aderente fechei a abertura da lata, esticando bem, e prendendo depois com fita cola. Fiquei assim com um recipiente estanque.
Depois recortei uma tira de papel do tamanho da lata e revesti toda a lata com ela, colando com cola universal ou com fita cola.
Em papel de cor contrastante, e com a ajuda do computador e impressora, escrevi o conteúdo da lata. Recortei novamente uma tira que desse para envolver toda a lata, mas que não fosse tão larga como a anterior, e colei por cima da tira anterior.
Como podem ver um projecto de DIY (do it yourself - faça você mesmo) bastante simples e uma nova maneira de reutilizar latas sem aparente utilidade.
Já me estou a imaginar a revestir latas com tecidos e a decorá-las com fitinhas para os meus cabazes de Natal.

A imaginação é o limite, tanto para aquilo que podem colocar dentro das latas - bombons, bolachas e biscoitos, amêndoas de páscoa, misturas de frutos secos, chás, ervas secas, pout-pouri - como para a decoração das mesmas - restos de papel, tecido, papel de parede, cartolinas, cartão canelado, cordel, papel de embrulho!

sexta-feira, 19 de Junho de 2009

Aproveitar Pêssegos!

Ontem telefona a minha avó. Tinha vindo da quintinha dela, e tinha algumas coisas para eu ir buscar. Foram limões, courgettes (trouxe uma com 2 quilos!), alfaces, feijão verde e pêssegos, muitos pêssegos. Pêssegos para comer, perfumados e docinhos, e pêssegos para fazer doce, apanhados do chão ou da arvore todos bicados dos passaritos!
Começou assim a época das compotas deste ano. E começamos com a de pêssego!
A receita está aqui, para quem se quiser aventurar!
Mas, para além disso, o que eu quero dizer é que devemos aproveitar aquilo que nos oferecem. Quando for às compras já não vou comprar uma data de legumes, e também não vou comprar fruta. Não vou deixar estragar coisas apenas porque a mim não me custaram nada, para ir comprar semelhantes. Enquanto houver esta fartura de pêssegos, serão pêssegos que se comem. Até fartar!
E comem-se agora alfaces, e feijão verde e muita sopa de courgette com coentros que por acaso até é a minha favorita.
O doce de pêssego já está feito e embalado.
Os frascos de vidro que são sempre, depois de utilizado o seu conteudo, guardados e mais tarde reutilizados, estão cheios de compota de pêssego. A maior parte para ser oferecida no Natal em pequenos cabazes, juntamente com outras coisas que mais tarde serão feitas.
E até a fita e o tecido da imagem foram reutilizados de outras coisas: a fita era de uma caixa de bombons, e o tecido de um pano que tinha umas nódoas!
Como podem ver, "nada se perde, tudo se transforma!"
E vejam lá como ficaram lindos os meus frasquinhos!