quinta-feira, 22 de Julho de 2010

Multiusos Ecológico, Económico e Caseiro!

Em casa dos meus pais, desde sempre que se limparam os bicos do fogão deixando-os de molho em vinagre. A Dona P., vai e não vai, limpa a cozinha com uma mistura de água e vinagre. E são conhecidas as propriedades desengordurantes e anti-septicas do vinagre.
Mas desde que vi, num qualquer programa de televisão estrageira, umas senhoras "especialistas" em limpezas a dizerem que não havia nada melhor para desinfectar e limpar do que uma solução 4 partes de água para 1 parte de vinagre que resolvi experimentar!
Peguei num borrifador usado de um outro produto e lavei-o bem. Enchi com 1 parte de vinagre de vinho branco para 4 partes de água e já está!
Tenho limpo tudo, principalmente a cozinha com esta solução. Desinfecta a bancada, desengordura o fogão, deixa o lava-louças impecável, tira manchas dos meus armários brancos. Estou rendida!
Além disso não é tóxico. Para quem tem crianças pequenas ou animais não há perigo de acidentes! E é bom para o ambiente. É super económico (sabem quanto custa um frasco de vinagre, não sabem?) e simples e rápido de fazer em casa.
E para quem tem problemas com moscas e mosquitos é também um excelente repelente natural!
O que pode incomodar um pouco ao início é o cheiro...Que desaparece rapidamente.
Eu estou rendida!

sábado, 10 de Julho de 2010

Lembram-se disto?

Lembram-se do post sobre os Jantares Comunitários?
Parece que o "i" também gostou e pediram-me para dar mais algumas dicas!
Para quem quiser ler hoje na revista Index do jornal i! Os jantares comunitários tornaram-se "famosos""!

quinta-feira, 8 de Julho de 2010

Da abundância do Verão e da utilidadade de uma arca congeladora!

Se há coisa que adoro no Verão é a abundância de frutas e de legumes de todas as cores, formas e feitios! E se tiverem quem vos ofereça algumas destas coisas ainda melhor. O problema depois é conseguir consumir tudo o que cá vem parar a casa! Sejam as courgettes dos pais do P., ou as alfaces da mãe da minha cunhada D., ou os pêssegos dos meus avós as ameixas do Sr. L., ou os mirtilos que comprei baratos na Feira do Mirtilo, tudo deve ser aproveitado da melhor maneira.
Se com a fruta se fazem compotas que depois se podem oferecer no Natal ou ir consumindo ao longo do ano, e as alfaces se arranjam, lavam e secam e se guardam depois em tupperwares prontas a consumir, há outras coisas que se podem congelar para depois, quando a abundância não for tanta, se irem consumindo!
Foi o que aconteceu com as courgettes: depois de bem lavadas foram congeladas já cortadas em pedaços, prontas a entrar na panela da sopa. E dos muitos mirtilos que trouxe de Sever do Vouga -  algumas caixinhas estão também congeladas prontas a serem consumidas mais tarde.
E na minha arca há tomate caseiro maduro pronto a entrar em estufados, refogados e caldeiradas. E abóbora em cubos para a sopa. E tiras de pimentos que é só acrescentar ao tacho. E favas para comer quando vier a saudade...
Da abundância do Verão que se prolonga o ano inteiro bem conservada numa arca congeladora. Na minha opinião um electrodoméstico indispensável!

terça-feira, 6 de Julho de 2010

E quando te oferecem ameixas?

Agradecemos, comemos e cozinhamos!!
Na sexta-feira passada o M. chegou a casa com um carregamento de ameixas caseiras amarelas e vermelhinhas. Uma oferta do Sr. JR. que ao que parece tem tido tamanha produção que não sabe o que lhes fazer. Nós agradecemos, claro! E enchemos a barriga com as ameixas docinhas.
E aquelas que sofreram mais durante a viagem e chegaram cá amassadas, acabaram já em compota. E será o que acontecerá às restantes, se não as conseguirmos comer todas!
Depois da compota de pêssego, segue-se a de ameixas. Está oficialmente aberta a época das compotas e da contagem decrescente para a preparação do Natal!
Obrigada pela oferta!