quarta-feira, 4 de julho de 2018

Laundry Day: ou o dia de lavar a roupa


A vida doméstica com 3 crianças pequenas, refeições, compras, uma casa relativamente grande e um jardim é uma tarefa que parece não ter fim. 
É preciso estar sempre a adaptar estratégias que sejam mais eficazes para nós!
Quando partilho aqui algumas das minhas estratégias, não passa disso mesmo. De uma partilha de algo que funciona para mim, para nós, e que obviamente não funciona para todas as pessoas.
Ultimamente (e muito por causa do instagram) perguntam-me à cerca da minha estratégia para a roupa. Se lavo todos os dias ou se lavo uma vez por semana, e como faço essa gestão. As perguntas são mais ou menos constantes, e muitas, e achei que eram o tema indicado para finalmente fazer um novo post para este economia cá de casa. 

Cá em casa existe um “laundry day”. Ou seja um só dia em que se fazem máquinas de roupa, e se coloca a secar, se estende e apanha e dobra.... na prática essa tarefa pode estender-se por mais do que um dia, depende do tempo que a roupa demorar a secar e do próprio tempo - se chove ou se está sol.

Sexta feira é o dia escolhido. Podia ser outro qualquer, mas dá-me jeito que seja este. Como já disse algumas vezes aqui, tenho uma senhora que vem duas manhãs por semana para dar uma ajuda cá por casa. À segunda feira é dia de passar a ferro e dar um jeito no piso social. Sendo assim, em 4 horas era impensável que conseguisse passar tratar da nossa roupa toda. Por isso nós temos essa tarefa, e ela, quando chega tem tudo separado e organizado pronto a passar. Mesmo assim cá em casa há já uma quantidade de peças que não se passam... Eu sei que há pessoas que passam tudo, cuecas inclusive mas, tal como disse o que se adapta a uns não tem de se adaptar a todos.

Portanto à sexta feira lá se começam a fazer máquinas de roupa para lavar. Como todos usamos roupa super prática no dia a dia e muito poucos tecidos delicados, não sinto grande necessidade de separar a roupa por cores. - e não costumo ter problemas. Para além disso uso toalhitas de transferência de cor.... Só em alguns casos muito específicos e com peças mais delicadas faço separação de roupa que posso depois lavar à mão ou num programa da máquina específico.
Mas faço outro tipo de separação de roupa. Separo por categorias:
máquina de lençóis, máquina de toalhas de casa de banho, máquina de roupa de cozinha (panos, aventais, guardanapos, individuais ou toalhas....), máquina de roupa dos rapazes, máquina de roupa nossa, máquina de roupa dela - sendo que se tiver necessidade de acabar de encher uma máquina junto sem nenhum problema a roupa deles e a nossa, e só não o faço por habito, porque fica logo separada.
Porque é que separo a roupa por categorias? Porque para mim, acho que poupa tempo na altura de estender, secar, dobrar e/ou colocar nos cestos para arrumar e passar a ferro. (Se por acaso for uma semana em que usamos  - nós e os miúdos - muita roupa escura/ ou muita roupa branca - faço máquinas separadas de roupa escura/claro em vez de roupa nossa e dos miúdos, mas acontece menos vezes.

Depois é lavar normalmente, com detergente e amaciador. No caso dos lençóis e maioria das toalhas de banho uso detergente específico para roupa branca, porque só usamos lençóis brancos, e brancas/ cinza são a maioria das nossas toalhas... Nos outros casos outro detergente “normal” e as tais toalhitas de transferência de cor. Em alguns casos de nódoas coloco na roupa, antes de levar à maquina um spray oxi-action anti nódoas - principalmente na roupa deles e na roupa de cozinha (panos, toalhas, guardanapos).

Depois de uma máquina lavada, encho logo com a próxima enquanto coloco a outra a secar que, consoante o tempo e o tipo de roupa, seca no secador, ao ar livre, na lavandaria ou debaixo do telheiro da churrasqueira.
Uma nota em relação ao secador: quando uso o secador de roupa, uso maioritariamente para roupa que não é para passar a ferro - e que assim que saia do secador seja apenas dobrar e arrumar. Como o meu secador é muito antigo - ando a ponderar comprar um mais moderno - não gosto muito de secar roupa lá que depois é para passar a ferro, porque acho que fica demasiado engelhada e vincada.... (manias). Só como também não gosto de ter a roupa muitos dias a secar dentro de casa, quando está a chover semanas a fio, lá têm algumas coisas de ir parar ao secador.

Quando tiro a roupa da máquina - que não pode/deve estar muito cheia, para lavar bem e não ficar demasiado engelhada para passar - sacudo bem e vejo logo o que continua com nódoas e precisa de outro tratamento. Essa roupa é separada para colocar a corar com sabão azul, eventualmente em lixívia gentil, lavar com água morna e fairy consoante o que tiver de ser.... é depois colocada a secar juntamente com a outra....

Vão-se fazendo máquina e colocando a secar, umas atrás das outras - umas 5 máquinas seguidas...

E depois de tudo seco? Aí começa outra saga. Dobrar o que é de dobrar, passar o que é de passar.
A dobrar: Panos e toalhas de cozinha, cuecas, meias, pijamas, toalhas de wc, roupa interior, roupa de casa ou ginásio...
A passar: lençóis, toalhas de mesa e guardanapos, camisas, calças e calções vestidos, saias,  t-shits e polos exteriores, camisolas, macações, saias.....

Tenho vários cestos onde toda a roupa é colocada por “categorias” - e existem cestos por categorias para a roupa passada e dobrada, e para a roupa a passar a ferro. Quando a senhora que me vem ajudar chega para passar a ferro, tem já a roupa que está lavada e dobrada nos cestos para arrumar e a roupa para ela passar nos respetivos cesto de cada um. Assim é só tirar do cesto, passar e colocar no outro cesto correspondente para levar depois apara cima e arrumar.Ou seja a roupa de casa tem um cesto (na verdade tem dois: o que vai para o sotão e o que fica na cozinha), a roupa deles tem outro cesto, a nossa roupa tem outro cesto e a roupa da Benedita outro cesto. E porquê? Porque cada cesto tem um destino: a nossa roupa vai para o nosso quarto, a roupa da Benedita vai para o quarto dela, a roupa dos rapazes para o quarto deles e a roupa de casa para o sotão ou para a cozinha. Acho muito mais prático assim do que andar com roupa misturada... Mas lá está, cada um se organiza como acha melhor...

Em relação à roupa que não arrumamos dobrada: camisas, vestidos... Temos um charriot na lavandaria com cabides onde penduramos logo as coisas - seco as camisas em cabides, assim como os vestidos, que depois de secos coloco na charriot que depois de passadas são novamente colocadas nos cabides e vão diretos para os armários, sendo depois só preciso levar para a lavandaria novos cabides vazios.

Bem vistas as coisas lavamos a roupa à sexta, e à segunda vai tudo passado e é arrumado e por isso dá jeito ter a lavandaria onde as coisas vão ficando organizadas.

Outra coisa: começo esta tarefa de lavar roupa logo de manhã, e vou fazendo ao longo do dia... Umas vezes despacho tudo ainda de manhã (lavar e colocar a secar) outras vezes já a meio da tarde. Pelo meio obviamente que vou fazendo outras coisas - e assim que a máquina apita a dizer que terminou uma lavagem, lá vou eu colocar outra a lavar e estender aquela, e depois volto para o que estou a fazer.

Pessoalmente não acho prático andar a fazer máquinas todos os dias. E todos os dias (ou quase) ter de tratar da roupa! Na casa antiga fazia isso - uma máquina de cada vez - obviamente não todos os dias pois na altura éramos só dois e saímos de lá com o Zé com menos de dois anos - e fazia assim principalmente porque tinha tarifa bi-horária e s usava as máquinas depois das 22h. Ora a essa hora fazer mais do que uma máquina não dava, e só fazia uma num dia. Quando trocamos de casa, uma das minhas prioridades era NÃO TER tarifa bi-horária e ser “escrava” desses horários. Na realidade, acho que não compensa nada - mas isso já é matéria para outra conversa.


E basicamente isto é o que se passa cá em casa no nosso “laundry day”! E vocês como preferem fazer? Como é mais prático nas vossas casas?

18 comentários:

  1. Tenho dois empregos, portanto cá vai:
    1 - As máquinas fazem-se quando dá, tento de dois em dois dias porque não gosto de máquinas cheias
    2 - A roupa fica por vezes dias a fio no estendal mesmo seca porque chego a casa tardíssimo e não tenho energia para mais
    3 - É passado o mínimo indispensável e salve-se quem puder. Só passo lençóis, vestidos que não tenham elastano e camisas vão à engomadaria. Não passo toalhas, nem calças de ganga, nem pólos e t shirt são sempre comprados com alguma elasticidade, bem esticadinho e siga.
    A minha mãe fica muito chocada com o meu "desleixo" mas eu já desisti de me matar para ter a perfeição no lar. A minha prioridade é trabalhar porque as contas são mais que muitas, descansar, procurar organizar uma alimentação saudável e dormir 8 horas pois a minha saúde está primeiro :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Same here! Ahahah eu neste momento trabalho em 3 sítios diferentes. Já trabalhei em 5 ou 6. Neste aspeto, foi a melhor coisa que me aconteceu: acabaram.se os mimimis com a roupa. Não se passa nada, nadinha. Ninguém repara. Acabou.se a escravidao.
      Vá, se o namorado usar camisa numa festa passa.se a camisa, e um ou dois vestidos de verão mais engelhados. De resto nada :D

      Eliminar
  2. Joana, no final do ano passado investi num secador de roupa e foi a melhor compra que fiz cá para casa, sem qualquer tipo de dúvida! É bastante económica e mesmo nos dias em que a roupa até secava na rua (mas que com este tempo, ia demorar quase um dia inteiro) uso o secador. Noto que a roupa vem muito mais macia do que quando é seca na rua e aguenta o cheiro do amaciador durante muito mais tempo.
    Quanto ao método que uso, é semelhante ao seu. Opto por lavar tudo ao sábado e deixar tudo organizado para passar no domingo de manhã. Tem funcionado bem bem cá em casa (mas somos só dois adultos)! ��

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde Ana , será que me poderia indicar qual o secador que comprou ? estou a pensar comprar um e gostaria de conhecer opiniões de quem tem e está satisfeita. Obrigada desde já pela atenção.
      Rosa.S

      Eliminar
    2. eu tenho esta há 3 anos e vale cada cêntimo: Bosch WTY88710EE.

      Eliminar
  3. Uso mais ou menos o mesmo método.... como trabalho fora lavo no sábado para passar na segunda ao fim do dia nos somos dois adultos e uma crianca e tambem uso varios cestos.... um pra bossa roupa outro pra do miudo e outro para roupa da casa.... na hora de arrumar e muito mais fácil.... nos dias de chuva tambem uso secador da imenso jeito

    ResponderEliminar
  4. Uso mais ou menos o mesmo método.... como trabalho fora lavo no sábado para passar na segunda ao fim do dia nos somos dois adultos e uma crianca e tambem uso varios cestos.... um pra bossa roupa outro pra do miudo e outro para roupa da casa.... na hora de arrumar e muito mais fácil.... nos dias de chuva tambem uso secador da imenso jeito

    ResponderEliminar
  5. Serei a única q ñ passo lençóis a ferro? :) Aqui organizamo-nos conforme o tempo (atmosférico) e também a necessidade de ter a roupa lavada. Não há dias próprios, é consoante a necessidade (quantidade de roupa para 'encher' uma máquina), pois até agora tem funcionado bem assim. Se possível, lava-se à noite (retira-se, sacode-se, dobra-se e coloca-se no cesto) para colocar a secar no dia seguinte, porque temos tarifa bi-horária. Separamos também a roupa por categorias e/ou cores (branca/clara, escura ou mais colorida). Confesso de a roupa de verão é mais passada a ferro pq é roupa mais fina onde se notam mais os vincos/rugas. De Inverno quase não passo a ferro. Mas é como dizes: cada pessoa tem q ver o q melhor se adapta a si e organizar-se dessa maneira :) Bjinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também não passo os lençóis! Depois de lavados meto-os um bocadinho na máquina de secar e mal os tiro, ainda quentes, dobram-se muito esticadinhos e...estão prontos!:)

      Eliminar
  6. Olá Joana, em primeiro lugar quero dizer que me agrada bastante o regresso dos posts a este blogue :-)
    Cá por casa também tento fazer as máquinas todas no mesmo dia e também deixo a roupa já dobrada para a D. Lurdes passar numa das manhãs que vem cá dar uma ajuda. Também não sou apologista de passar todas as peças de roupa a ferro. É preciso poupar tempo e energia!!
    Beijinho e continue a deixar aqui os seus contributos para uma mais prática e eficaz organização da casa.

    ResponderEliminar
  7. Aqui por casa esse método não funciona pois a roupa que temos não pode estar tanto tempo sem ser lavada, é pouca e faz-nos falta!
    Uma máquina cheia, lava-se e passa-se !
    Aida

    ResponderEliminar
  8. Cá por casa somos todos adultos e o sistema adotado é ir colocando a roupa branca na máquina e assim que estiver cheia lava-se e assim que está seca apanha-se e dobra-se tudo e arruma-se. Relativamente ao que é de passar vai-se juntando num cesto e assim que houver um número considerável de peças passa-se tudo. Com a roupa escura, como há pouca, só se lava por norma a cada 2 semanas. Ah, e cá em casa só se passa a roupa obrigatória (leia-se camisas, calças e t-shirts!)
    Beijinho
    Cris

    www.lima-limao.pt

    ResponderEliminar
  9. Gosto muito da sua organização, como sempre... Estou a deixar de passar muita coisa. Como não tenho uma lavandaria ainda não separo por secções, mas passo, dobro e coloco no açafate por secções para ir deixando em cada divisão... também tenho "charriots" de cabides para ir colocando as camisas, tops e vestidos... um abraço

    ResponderEliminar
  10. Cá em casa somos quatro e acho que vou adoptar esse sistema de usar um cesto para cada um e outro para a roupa da casa, pois deve facilitar na hora de arrumar.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Nós também temos o laundry day de roupa "pesada" (toalhas, panos, lençóis...) à sexta feira. Máquinas de roupa normal fazemos duas vezes por semana, normalmente... Não tenho muito espaço para secar, não podia guardar a roupa toda da semana apenas para um dia (mas gostava!). A roupa pesada também é sempre seca no secador, pois os nossos estendais não são largos nem altos, os lençóis e as toalhas tinham de secar sempre com muitas dobras e era preciso estar sempre a virar... O que nos poupa imenso trabalho e tempo é não passarmos rigorosamente nada a ferro... Aliás, viemos para a Alemanha há mais de um ano e ainda nem sequer comprámos um ferro :) a minha teoria é que uma hora depois de estar a ser usada, uma camisa passada fica com aspecto de não ter sido passada... E, por outro lado, uma hora depois de estar a ser usada, uma camisa não passada, também fica com aspecto de o ter sido... :) tenho a mesma teoria para fazer a cama :p

    ResponderEliminar
  12. Cá em casa somos 2 adultos e 2 crianças. No verão tudo corre sobre rodas. A roupa seca depressa, e se apanhar depressa quase que não é preciso passar nada (só camisas, t-shirts e calças). Faço máquinas só com roupa escura e só com roupas brancas e ainda tento separar: roupa doas camas, atoalhados de cozinha, roupas nossas e roupas delas. Não goste de encher muito a máquina e se calhar por isso gasto mais luz e água do que devia. No inverno é uma desgraça: estendal enorme mas que, não havendo vento, nada seca, e não recebe também muito sol. Estendo alguma dentro de casa, e quando já está quase seca, vai para a secadora, que é a minha melhor amiga no inverno.

    ResponderEliminar
  13. Ola bom dia
    Óptimo post... cá em casa separamos a roupa de cama/tolhas, cozinha e a nossa roupa em roupa escura, roupa clara e roupa de cor...quando é possivel...

    Gostaria de saber como fazem com as toalhas de banho... é que as minhas ficam super duras... nunca as consigo deixar fofinhas... como fazem, que programa da máquina de lavar, que amaciador usam... como secam as toalhas...

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Usando o secador nunca me ficaram duras... Quando as secava na corda, não as podia deixar ficar muito tempo, assim que ficavam quase secas, tirava-as... Mas mesmo assim nunca me ficavam fofas como com o secador...

      Eliminar