quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Arca Congeladora: Uma aliada!


Acho que não sabia viver sem a minha arca congeladora. Congelo quase tudo e assim, tenho quase tudo sempre à mão. No entanto algumas pessoas ainda acham que a arca congeladora altera o sabor dos alimentos e não gostam de congelar refeições prontas a comer, sopa, pão. legumes ou queijos.
A ver se vos consigo fazer mudar de opinião, ou pelo menos perceberem que uma rada congeladora, utilizada de forma racional e organizada, pode ser uma excelente aliada nas vidas mais atarefadas.

A sopa: Há quem diga que a sopa congelada não fica igual. Por aqui nunca notei diferença e sempre congelei sopa. Ou para o Zé Maria ou para nós, principalmente em altura de féria ou de sair de casa durante uns dias sem saber quando chego. Nada melhor do que saber que há, pelo menos, sopa pronta no congelador.
Não fica boa depois de descongelada? Nunca tive nenhum tipo de problema. O truque voltar sempre a ferver a sopa que é congelada, para que se “reconstitua” novamente e não fique “polpa” para um lado e água para o outro.

Os legumes: O tomate maduro de verão congelo inteiro e cru. Coloco depois debaixo da torneira da água quente e a pele sai de imediato e uso-o assim mesmo, ainda meio congelado para estufados e guisados. O pimento congelo-o cortado em tiras, em cru e depois é só juntar à panela.
Os legumes verdes - feijão verde, brócolos, espinafres, couve para caldo verde… - branqueio-os uns segundos antes de passar por água fria e congelar. E cozinho-os depois ao vapor ou em água a ferver sem necessitar de os congelar. E por vezes ainda congelo saquinhos de legumes prontos a usar para sopas. Basta colocar na panela e juntar água. Congelar abóbora aos pedaços, ou courgete. Para quem tem horta ou abundância e não os consegue gastar todos em tempo útil, é uma excelente forma de aproveitar a época de maior abundância e assim ter legumes à mão todo o ano - ou pelo menos enquanto durar o stock.

As frutas: saquinhos com pedaços de pêssego, morangos e até bananas. Framboesas ou Mirtilos. Pedaços de ananás ou manga. Descascados e cortados em pedaços - as bananas até inteiras e com casca. Perfeitas para gelados rápidos, sumos naturais, coulis de fruta e até compotas. Nada se estraga.

Os queijos: Por aqui também se congelam queijos. Depois basta descongelar e usar como habitualmente. Também valido pra requeijões que, mesmo depois noa ficando bons para comer em cru, ficam perfeita para usar em bolos ou outras preparações gastronómicas. E o queijo da serra que não conseguimos comer todos de uma vez? Congelo em quartos e vou tirando de acordo com as necessidades. (Aproveito muitas vezes para comprar queijos em aproximação de prazo de validade que depois descongelar e vou usando quando necessito!)

As massas: Sabiam que também podem congelar massas frescas? A vossa própria massa de pizza, quebrada, areada. E mesmo as frescas de compra. E depois? Depois é deixar descongelar e usar normalmente.

O pão: Cá em casa há sempre pão. De compra ou caseiro, do grande cortado em fatias. Ao pequeno almoço ou em qualquer outra ocasião, basta colocar uma fatia na torradeira e aí estão o pão pronto a comer. 
Também faço uma fornada de pão caseiro de hamburguer e congelo, usando-o depois à medida das necessidades. Também costumo congelar broa em pedaços para fazer, se assim me apetecer, migas ou até bacalhau com broa.

Os bolos: Fazer bolos simples e congelar inteiros. Ou em fatias que se vão comendo ao sabor dos dias. Ou congelar muffins e queques individualmente que se vão colocando depois nas lancheiras. 
Adiantar trabalho em festas e outras ocasiões e fazer alguns bolos e deixa-los depois congelados.

As refeições caseiras: Congelar quiches, lasanhas, empadão, rolo de carne, feijoadas, bolas, massa de bolachas. Congelar arroz de pato e pratos de bacalhau de gratinar. Congelar pãozão recheado, folhados e empadas. Bem acondicionados e fechados em película aderente e depois papel de alumínio.

As sobras: congelar as sobras de arroz, que fica perfeito depois de descongelado. Ou congelar o resto da carne assada ou do frango. Fazer uma refeição - como por exemplo uma feijoada de camarão - e congelar as sobras para um dia em que até almoço sozinha. Congelar bocadinhos de peixe que depois se juntam todos e acabam em sonhos ou pataniscas. Congelar o resto do conteúdo da lata do leite de coco. Ou do milho, ou até dos cogumelos que sobram. De preferência acondicionar tudo em caixas plásticas herméticas próprias para congelação.

Fazer para congelar:  Hamburguers, almôndegas, pizzas caseiras, rissois ou croquetes. Tudo caseiro, tudo feito por nós num dia de disponibilidade e vontade. Congelar feijão cozido, ou grão.E depois ter uma refeição pronta num instante , ou tudo preparada para uma festa ou celebração em menos de nada. Congele em caixas plásticas ou saquinhos próprios.

Enchidos: Morcelas, alheiras, chouriços, farinheiras. Então se forem caseiras ainda melhor. Congelar bem embrulhadas em papel de alumínio e depois colocar em saquinhos próprios.

As outras coisas: Congelar malaguetas. Coentros ou salsa picados guardados em azeite. Congelar o gengibre que não se usa todo. Congelar claras que se usam depois como habitualmente, depois de descongeladas à temperatura ambiente.  Congelar doce de ovos pronto a usar ou até coulis de framboesas. Em saquinhos ou caixinhas  próprias para congelação.

Uma única nota: acondicionar bem e não guardar infinitamente no congelador.

Já vos convenci de que a arca congeladora é uma aliada? 

25 comentários:

  1. Olá Joana,

    Tenho pena de não ter muito espaço mas tento congelar o máximo possível.Comida já feita é que ainda não me habituei, mas para lá caminho tudo é uma questão de hábito ;)

    ResponderEliminar
  2. Eu sou a típica pessoa que congela tudo!! Chego a fazer arroz de propósito só para congelar em caixas individuais e ir descongelando à medida das necessidades. Para sopas então chego a fazer sopa de tudo congelado, desde a curgete até aos coentros. Como não ponho batata na sopa, quando há curgete em promoção aproveito para comprar em mais quantidade, descasco, lavo, corto em pedaços (porque depois é mais fácil de tirar só uma parte), meto em sacos para congelar e arca com ela. O meu próximo passo é comprar um frigorífico americano cuja parte de arca é quase do mesmo tamanho do frigorífico e aí ainda vou congelar mais coisas do que agora. Gostei do post, muito útil :)

    ResponderEliminar
  3. a banana congelada inteira com casca não lhe fica toda preta? comigo acontece. só congelo sem casca. embrulha em algum tipo de material?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A pele fica negra mas o interior mantém-se com a cor original. Também congelo quando estão muito maduras para gelados.

      Eliminar
  4. Eu com a minha mãe é toca a congelar todo... quando vem de ferias, faz comida para um batalhão e depois toca a congelar para eu ter reservas, enquanto ela não esta.... Da jeito, nos dias en que não apetece fazer de comer ^^

    Para quem poder e quiser seguir-me ^^

    https://www.facebook.com/pages/Sarahli-Uma-Grande-Aventura-Pela-Frente/700256670027561?ref=bookmarks
    METEM GOSTO POR FAVOR

    http://uma-grande-viagem.blogspot.pt/
    SEGUEM E ADEREM O BLOG POR FAVOR

    ResponderEliminar
  5. eu congelo quase tudo, pão, sopa, crepes caseiros, rissóis, croquetes, pasteis de bacalhau, todos os legumes, carnes cozinhadas, etc. Nunca tive problemas. Aida.

    ResponderEliminar
  6. Também dou bastante uso à minha arca! Não congelo tudo isso que foi enunciado neste post, mas congelo várias coisas!
    Comentei para dizer que uso a fruta congelada para fazer a espuma de morango da Bimby (que também faço com outras frutas), que se utiliza congelada mesmo!
    E também para dizer que é possível bater as claras directamente do congelador (na Bimby, claro!), já experimentei e fica óptimo!!!

    ResponderEliminar
  7. Eu também congelo quase tudo e no verão passado aventurei-me nos morangos. Mas alguma coisa deve ter corrido mal, porque quando os fui descongelar estavam impróprios, completamente cozidos pelo frio e sabiam a tudo menos a morangos. Eu congelei dentro de um saco plástico, mas possivelmente se tivesse utilizado uma caixinha a experiencia teria corrido melhor. Será??

    Ah! E já agora sou fã dos seus blogs :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Costumo polvilhá-los com açucar, para mais fácil se "descolarem". Mas devem ir o mais secos possíveis para dentro de caixas herméticas

      Eliminar
  8. Arca vertical ou horizontal? ;)

    ResponderEliminar
  9. Também costumo congelar muitos alimentos: frutas, legumes, refeições prontas, etc. Hoje por acaso trouxe um iogurte com morangos (que congelei quando tinha em abundância) e nozes para comer a meio da manhã no trabalho, ontem trouxe iogurte com manga (congelada)... assim consigo comer fruta variada todos os dias, nesta altura do ano a preços mais acessíveis.

    Só mais uma coisinha: sou visitante assídua dos seus blogues há pelo menos 5 anos e ainda não me cansei de os visitar diariamente.

    ResponderEliminar
  10. Também sou adepta de congelar. Permite-me organizar melhor a parte da cozinha e fazer face às necessidades diárias, não deixando de fazer uma alimentação rica e saudável, mesmo com uma vida intensa e cheia de correrias. Para sopa ficar tal e qual como quando foi feita, é melhor deixá-la descongelar à temperatura ambiente e depois levar ao lume e deixar levantar fervura. Quando se descongela ao lume não fica tão bem, mesmo quando se usa lume muito brando. Pelo menos essa é e minha experiência.

    ResponderEliminar
  11. Novidade foi o requeijão e o gengibre...que boas dicas...de resto, lá por casa congelo tudo. Não faltam caixas e caixinhas e saquinhos com coisinhas congeladas que vão sobrando de refeições e de conservas como o milho, que acabo por não consumir dentro do prazo ideal. O meu marido até "resmunga" quando tem que ir buscar alguma coisa ao congelador LOL, mas a verdade é que é muito útil, especialmente para quem marmita.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Olá Joana, antes de mais tenho a dizer lhe que sou fã assídua dos seus blogues. Não desista porque gostamos mesmo muito.
    Quanto à congelação confesso que foi consigo que aprendi que podia congelar queijo e legumes, etc. Infelizmente o meu combinado tem espaço muito limitado, no entanto estou ansiosa pela minha futura cozinha (está em obras) onde mais uma vez por influência do que fui lendo por aqui, fiz questao de ter um congelador, embora pequeno, para fazer par com o combinado.
    Estou desejosa de poder começar a congelar pão, crepes, massa para pizza etc...
    Obrigada e bom fds.

    ResponderEliminar
  13. Eu adoro a ideia de congelar, e vou experimentando, mas confesso que é uma área que conheço pouco, tanto a da cozinha como a de congelar.Por exemplo, no outro diz fiz base de sopa. Dividi, em metade fiz sopa para a semana, a outra metade congelei.
    Na semana seguinte tentei usar para nova sopa. Na bimby correu mal, não deixava de ser "sólido", então pus a ferver na panela, mas fez uma espuma estranha...
    Pode parecer burrice, e talvez seja, mas nao é facil para quem não sabe nem tem instinto como eu para a cozinha. às vezes gostava que houvesse uma especie de livro "O B+A=BA da cozinha para idiotas"!!! e com imagens, de preferência.


    Nota-se que tem um dom para a cozinha. Acha que poderia dar-nos essas dicas, super básicas, de vez em quanto, e quem sabe, até com fotos, para termos noção do aspecto que as coisas devem (ou nao) ter?...Desculpe se for abuso. É só uma sugestão.

    Bom fim-de-semana!=)

    ResponderEliminar
  14. E que tal uma lista do que NUNCA se deve congelar.

    ResponderEliminar
  15. Ola Joana, adorei as dicas e já meti mãos à obra, ontem fiz uma dose extra de carne estufada para congelar. Entretanto, surgiu-me uma dúvida, tenho tido muitas laranjas cá em casa, será que posso fazer sumo com elas e congelá-lo? Não perderá vitaminas?

    ResponderEliminar
  16. Quem bebe muitos sumos de laranja pode congelar as laranjas inteirinhas para depois fazer sumo. Fica igual. Só gostava de saber, se depois de utilizar os legumes congelados para fazer uma sopa, se a pode voltar a congelar? Obrigada.

    ResponderEliminar
  17. Afinal não sou só eu que congela este mundo e o outro. Para quem tem de deixar refeições prontas para os filhos, nada como organizar, fazer e congelar. Na noite anterior até dá para perguntar o que querem :) E tenho a teoria de que o gás que se gasta para fazer um arroz para 4 pessoas, é quase o mesmo que fazer para 8. Porque não fazer já com o intuito de congelar para das refeições futuras? Poupa-se tempo e gás/electricidade.
    Congelo também as cascas (sem a parte branca) das laranjas e limões, para nesta altura do Natal, as cristalizar e envolver em chocolate. É um dos presentes que já esperam por esta altura. Ou então um simples chá :) Parabéns pelo blog, sempre interessante e útil e pela constante partilha.

    ResponderEliminar
  18. Também congelo muita coisa, nada que se compare ao descrito acima. Uma das coisas que congelo não foi mencionada e penso que possa ser útil. Quando precisamos de um pouco de sumo de limão, o que fazer com o resto do limão? Espremo todo e faço cubinhos de gelo de sumo de limão (como se faz cubos de gelo de água) e assim temos sempre sumo de limão pronto e fresquinho. :)

    ResponderEliminar
  19. Olá amiga
    Passei e fiquei presa na sua prosa de recomendações e ensino, na verdade para alem de carne, algumas comidas cozinhadas tenho uma arca com, feijões congelados, corgetes, tomates, pimentos, abóboras, couves, nabiças, salsa, coentros, até alface, quando se está a estragar e que vão espigar ou endurecer, eu lavo folha a folha, coloco tudo em sacos, quando não tenho outras verduras a jeito, vai alface para a panela da sopa, é só apertar com a mão, faz-se toda em pedacinhos coze uns minutos e está a sopa pronta.
    Ontem fiz uma panela de sopa, com duas batatas, um saquinho de abóbora, cebola, 1 pimento, tomates e coentros, depois de tudo passado, foi só meter a alface, ficou uma delicia.
    As minhas sopas são sempre com muitas variedades de legumes.
    Quando os meus netos me perguntam o que é a sopa, digo, as sopas da avó são sempre sopas de tudo!!!

    1 beijinho lídia

    ResponderEliminar
  20. Tb congelo tudo,
    O problema das pessoas q dizem q não é boa comida congelada reside no procidimento de descongelação, pelo menos é essa a opinião q tenho de conversas com amigas. Eu tiro no dia anterior para descongelar naturalmente mas a maioria só tira na hora e dp vai ao microondas e nem sp fica descongelado em condições e claro o sabor não deve ficar igual

    ResponderEliminar
  21. Eu pertenço ao clube que não consegue viver sem arca, também congelo sopa e fica saborosa na mesma, tenho sempre comida congelada que sobra ou que faço propositadamente para o meu marido levar para o trabalho, assim não tem de comer ao almoço o que comeu no jantar do dia anterior. E depois congelo legumes polpa de tomate caseira e fruta para usar em sumos naturais, gelados, cá por casa todo o que são salgados sou eu que faço e congelo para ir consumindo conforme as necessidades. Com dois filhos não ter arca complicava-me bastante a vida apesar de estar em casa com eles a minha filha depois da escola tem actividades e ando sempre a correr de um lado para o outro, portanto cá por casa a arca é uma grande aliada.

    ResponderEliminar