quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Dicas para organizar um jantar de aniversário sem muito trabalho (e durante a semana)


Era inevitável escrever este post depois de todos os comentários e mensagens e mails que recebi no inicio da semana por causa da organização do jantar de aniversário do Zé Maria.

Comecemos pelo início. O Zé fez cinco anos ontem. Ao contrário do que temos feito nos últimos 2 anos, que juntamos a festa de aniversário dele com a do irmão, que fará 3 anos já na segunda feira, este ano, porque fazem em semanas diferentes, e por outros motivos que não vêm ao caso, optamos por fazer apenas um jantar, no próprio dia de aniversário, para a família  -  os amigos mais chegados convidamos para os parabéns e sobremesas. A acrescer a isto têm sempre um bolo para a escola, onde cantam os parabéns com os amigos.

Mas isso significa fazer um jantar para 15 pessoas (e porque há tios que estão em Lisboa e não podem vir, se não éramos ainda mais!) durante a semana, quando no dia seguinte há trabalho e escola,... Tudo é possível. E fez-se com algumas dicas que eu acho essenciais e que partilho aqui com vc, porque já levo muitos anos de fazer festas, festinhas e jantares com alguma frequência e acho que posso ajudar em algumas coisas.

Essencial é marcar a hora de jantar relativamente cedo para conseguir que não acabe muito tarde e minimizar a hora dos mais pequenos - os nossos e os dos outros - irem dormir assim como das pessoas que trabalham no dia seguinte, e ainda têm coisas para preparar em casa... Por aqui marcou-se para chegarem por volta das 19h30, para começarmos a jantar o mais perto possível  das 20h.
E para isso tudo acontecer, é necessário estar tudo pronto e organizado - no meu caso, quase tudo de véspera (Se trabalham fora de casa, como a maioria das pessoas, obrigatoriamente têm de deixar as coisas preparadas de véspera!!)

Dica nº1 

Ser prático.

Nada de querer fazer 20 mini entradas diferentes, finger food style para uma mesa cheia de pessoas. Pensar em coisas que rendam e que facilmente dê para todos. De inverno um creme de legumes, uma sopa cremosa e diferente de alho francês, cogumelos ou couve flor, são sempre boas opções. De verão as saladas também são uma opção sempre bem. Ultimamente algo que nunca desilude são as tábuas de queijos e enchidos. Confesso que tenho recorrido muito  elas, e desta vez não foi excepção. Não há nada mais simples e com pouco trabalho. Basta passar no supermercado, comprar umas coisas e depois, compor um pouco antes das pessoas chegarem.

Dica nº 2

Simplificar.

Em vez de estar a fazer salada, optar por saladas embaladas, variadas e coloridas. Escolher o prato principal algo igual para todos - novos e velho, adultos e crianças. 


Dica nº 3

Escolher uma Receita de “um tacho só”.

Coisas como arroz de pato ou de frango à antiga, bacalhau com natas, lasanha, empadão... Ou seja receitas sem necessidade de acompanhamentos à parte e principalmente que possa estar preparada de véspera, e necessite apenas de ser finalizada na hora.
É também muito importante pensar numa receita que resulte bem para ser comida só com um garfo e de pé, em caso de jantares volantes.

Dica nº 4

Fazer de Véspera.

escolha coisas que possam ser preparadas de véspera. Tanto o prato principal como as sobremesas, para que no dia, não tenha que estar preocupada/o com grande coisa. Faça o prato principal e as sobremesas. E muito importante também é deixar já a mesa posta na noite anterior. Não se esqueça também das bebidas no frio.
Deixe para o próprio dia apenas o estritamente necessário, como queimar o leite creme na hora, cortar o pão, aquecer a sopa, preparar a tábua de enchidos....


Dica nº 5

Não exagerar nas Sobremesas.

Além do bolo de aniversário, mais duas sobremesas, uma de colher e outra tipo tarte, serão suficientes. E não esquecer ter fruta ( por exemplo melão aos cubos ou fatias de ananás)

Dica  nº 6

Planear.

Com base nas dicas anteriores, assim que começa a pensar no jantar, faça o planeamento antes de começar qualquer outra coisa. 
As receitas que vai fazer, a lista de compras, a ordem pela qual vai cozinhar, qualquer outra coisa que tenha de comprar - flores ou velas...

Dica nº 7

Simplicidade e atenção aos pormenores

Uma mesa simples será sempre bonita. Toalha branca, guardanapos brancos (de pano preferencialmente), louça branca. Umas velas, umas flores simples, até uns vasinhos que tenha em casa dão um apontamente de cor e fazem a diferença. Disponha as coisas harmoniosamente e de forma cuidada: o pão em cestinhos, a água e o sumo em jarras ou garrafas de vidro em vez das feias garrafas de plástico.. Não é preciso nem coisas caras, nem gastar dinheiro em flores. Decorei a mesa apenas com alecrim do jardim e uns vasinhos de suculentas que temos em casa. A máxima que diz “menos é mais” está sempre certa nestas coisas.

Dica nº 8

Não deitar sem arrumar.

Depois dos convidados se irem embora, fica a pior parte arrumar tudo. Partindo do principio que a maior parte das coisas estão feitas de véspera, a cozinha estará minimamente arrumada e terá maioritariamente as louças do jantar para arrumar - o levantar da mesa. Assim que se forem todos emboras trate logo do assunto. Acondicione a comida que sobrou em caixas próprias e guarde no frigorífico. Levante a mesa e coloque a louça para lavar na máquina, lave a restante à mão. Cá em casa fica logo tudo arrumado - só a louça lavada por arrumar. Não há nada pior do que acordar no dia seguinte para uma cozinha caótica. Prefiro dormir menos 1 hora e acordar para uma casa organizada. E se vão trabalhar no dia seguinte, então ainda pior....


Alguma dica importante que me tenha falhado? Quem por aqui faz qualquer coisa do género? 

14 comentários:

  1. O que costumo dizer: se eu consigo dar jantares a meio da semana, para 12 ou 14 pessoas numa casa com menos 40m2 (esqueçam lá a mesa posta de vespera...), saindo de casa as 8h e chegando entre as 20h ou 21h... Todos conseguem :P haja boa vontade, espirito pratico e simplificar muuuuito!

    ResponderEliminar
  2. Dicas excelentes e fáceis de colocar em prática,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  3. Olá!

    Adorei as dicas e concordo que, de facto, o segredo está em simplificar a vida.

    Gostei muito da decoração da mesa, muito simples, muito clean, muito agradável! Parabéns!

    Beijinhos
    Margarida

    https://minhacasadopatio.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  4. Muito obrigado pela partilha...
    Gostava que me desse a sua receita de frango à antiga.
    Bjinhos, Bela

    ResponderEliminar
  5. Obrigada pelas dicas :)
    a mesa estava realmente bonita, o simples embeleza.

    ResponderEliminar
  6. Ótimas dicas! Já agora, como faz o acrescento para a mesa?

    ResponderEliminar
  7. Olá, joana!
    Que outros pratos sugere para deixar preparados de véspera?
    Obrigada, Catarina

    ResponderEliminar
  8. Gostei muito do post. Uma dica que acrescentaria é a de ter papel de alumínio e, à medida que as pessoas vão saindo, fazer uns mini "cabazes" da comida que sobra, principalmente de sobremesas. Fica-se com menos restos e os convidados saboreiam com mais apetite as sobremesas no pequeno-almoço do dia seguinte.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Há uma coisa que eu faço, que não é ecológica nem bonita, mas que simplifica muiiiiiito todo o processo: loiça descartável.é muito mais rápido e fácil de arrumar. No último jantar que fiz cá em casa a meio da semana, até as sobremesas já estavam empratadas em copos ou tigelas de plástico.

    ResponderEliminar
  10. Vêm aí também as dicas da preparação da festa do António? Pleeeaaaaaseeee!!:-)

    ResponderEliminar
  11. Dicas mesmo para seguir! Pus algumas em prática este fim de semana e devo dizer que foi o melhor que fiz! Desde adiantar os pratos, a salada embalada, lista do necessário e ser objetivo no que fazer... Seguidora diária há alguns anos, sempre a aprender! ☺️
    Liliana.

    ResponderEliminar