quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

O Novo Quarto de Bebé


Depois de dar a volta e transformar o quarto do Zé Maria, no quarto dos rapazes, foi a vez de nos dedicarmos ao que era o quarto do António para ser o novo quarto da miúda que está mesmo a chegar.
Desta vez resolvemos fazer tudo diferente e tornar o quarto, logo desde o inicio em algo menos de “bebé” e mais intemporal. Um quarto de menina mas sem ser tudo muito “cutchi-cutchi” e cheio de cor de rosa. Algo que identificasse uma menina de qualquer idade.



A única coisa nova que compramos para o quarto dela, foi mesmo uma cómoda igual à dos irmãos. Tudo o resto foi, mais uma vez um reaproveitameto do que já tínhamos em casa. O berço é o mesmo berço que foi do Zé e do António, assim como a cama de grades, e as estantes finas para livros ou quadros. A prateleira que colocamos por cima da cómoda tinha vindo da casa antiga e aguardava novo local guardada na garagem. Mantivemos os cortinados com riscas cinza da Zara Home que colocamos quando nos mudamos para cá - e que fizeram a decoração do quarto do António, assim como o candeeiro, que veio do IKEA na altura da mudança de casa. A mesa de cabeceira foi comprada há uns meses largos no Lidl, e andava sem local definido entre as divisões do sótão. O candeeiro da mesa de cabeceira é o que era do António, porque tem o mesmo padrão dos cortinados e se adequa às cores que escolhemos para o quarto dela: amarelo e cinza com pequenos apontamentos cor de rosa.



O dosel era do primeiro quarto do Zé, na nossa casa antiga, e estava guardado desde essa altura. E a cama? A cama de ferro tem, para mim, uma história longa e familiar.

Foi a cama de criança do meu pai (tem seguramente mais de 70 anos) e estava guardada inicialmente para o António, para quando ele deixasse a cama de grades. Entretanto a miúda veio alterar esse plano. A cama, que também já tinha sido nossa e estava pintada de cor de rosa, foi pintada de branco e passou diretamente para o quarto dela.
Os edredons, quer da cama de grades, quer da cama de ferro (que é uma cama de “pessoa e meia”) foram feitos pela minha mãe. Isto porque não encontrava nada dentro do que queria - nem cores nem padrões. Nem na Zara Home, que raramente me desilude  consegui encontrar o que queria. Tudo demasiado cor de rosa e com demasiados bonecos. E nada amarelo.....

Portanto, a habilidosa avó lá colocou as mãos à obra e além dos edredrons, que têm duas faces. ainda fez almofadas com as sobras. As restantes vieram dos saldos da Zara Home.



Fizemos ainda alguns quadros personalizados, utilizando umas molduras do IKEA com coisas variadas: um bonequinho que a minha mãe fez, uma ecografia dela em perfil, um pendente comprado na Primark....
Oss toque finais demos com umas pequenas luzes led a pilhas que estão estrategicamente colocadas na cabeceira da cama grande e numa das prateleiras do quarto, e também com algumas caixas amarelas e cestos brancos que já tinha cá em casa, e uma outra caixa que veio... da Zara Home.





Para mim está quase “perfeito” e foi basicamente o que eu idealizei. Simples, sereno e intemporal e principalmente sem estar inundado de cor de rosa, mas ao mesmo funcional e sem gastar dinheiro desnecessário em móveis e acessórios.

Fica aqui a ideia, não só para “mostrar”, mas também para servir de inspiração, e de como podemos fazer nós mesmos e transformar tantas coisas que provavelmente não associamos a um quarto de bebé ou de criança!

9 comentários:

  1. Parabéns. Gosto muito e só mostra que, o temos pode dar brilho a novas etapas da nossa vida. Muitas felicidades e um grande beijo.

    ResponderEliminar
  2. Impecável! Adoro coisas de menina, mas acho q se exagera com o cor-de-rosa! O meu quarto e da mh imrã estava todo em tons rosa e agora, olhando p trás, acho q foi um exagero, mas nós gostávamos e pronto. Mas se eu tivesse uma filha não faria a mesma coisa :) Reutilizar e reaproveitar é o lema ;) Bjinhos e td a correr bem nesta fase final! Bom fds :)

    ResponderEliminar
  3. P.S. - dá sempre imenso jeito ter uma costureira na família ;) Parabéns, Avó ;)

    ResponderEliminar
  4. Está tão bonito :)
    Muitos parabéns, transmite paz e aconchego :) muitas felicidades para a nova fase com a chegada da bebe :)

    ResponderEliminar
  5. Está lindo e pelo que conta muito harmonioso que é o que se pretende quando a dinâmica vai mudar, que encontremos a harmonia e felicidade entre todos!
    Muitos beijinhos para toda a família :)

    ResponderEliminar
  6. Está tudo muito bonito e com muito bom gosto. Parabéns!
    Tanto este quarto para a bebé quanto o quarto dos manos que foi remodelado.
    Cá por casa também esperamos uma bebé mas será apenas para finais de março.
    E estamos em fase de procurar inspiração decorativa ...
    Temos um quarto que atualmente serve de escritório e de base para o tratamento da roupa quando seca (passar, dobrar, distribuir...)Queremos fazer a adaptação desse quarto, mas com tempo. Mesmo depois da bebé nascer o berço irá para junto de nós no nosso quarto, pelo que teremos até ao final do verão para pensar bem e potenciar o melhor possível os diferentes espaços; e pensar o que fazer...
    Temos um apartamento, com as suas próprias contingências de espaço (que conhecerá bem por também ter morado em apartamento) e que pouco mudámos desde que o comprámos; pensar o que fazer do quarto dela/ para ela (que tem uma parede pintada em laranja forte - já estava assim quando o comprámos), além de montar a cama de grades para os 6 meses em diante e colocar a cómoda e baú respetivo do pack (tudo em branco, e que já serviu para o irmão) e aproveitar o guarda fatos que o quarto já tem.
    No quarto do irmão está uma cama de solteiro do pai, e que ele usa. Não temos outra igual ou semelhante, mas a vossa opção de cama extensível que nem necessita de protetor lateral é uma excelente dica para mais tarde.
    Por cá não temos costureiras na família, mas temos muita coisa que foi dos pais e passou pelo irmão que queremos dar utilidade e finalidade e aguardam oportunidade no arrumo junto da garagem :D
    Ainda não consegui encontrar a linha decorativa que gosto para orientar o espaço da menina como a Joana fez e muito bem, depois disso sei que darei outro rumo à organização.
    Também não gosto de cor de rosa muito vincado e prefiro sempre tons neutros, práticos e intemporais...
    Sinapses de tons e de organização precisam-se ;)

    Felicidades para a vossa família!

    ResponderEliminar
  7. Muito bom mesmo, fazer reciclagem do que temos e neste caso ficou muito bonito. Muitas felicidades., beijinhos.

    ResponderEliminar
  8. Gostei muito, e ao ler o post pensei..... como se fica tão prático depois do primeiro filho 😊

    ResponderEliminar