quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

O “novo” Quarto dos Rapazes


A chegada do nosso terceiro filho - filha neste caso - ainda antes de nascer está a trazer algumas mudanças cá em casa. Uma delas teve a ver com a “dinamização” dos quartos. Quando mudamos para esta casa, e fizemos as obras, abdicamos de um quarto - havia 4 quartos naquele piso - para ficarmos com um quarto maior com closet.
Já nessa altura, apesar de termos mudado de casa por causa da vinda do António, ponderávamos a possibilidade de um terceiro filho, pelo que a decisão de excluir um quarto foi pensada sabendo que poderia vir um terceiro membro.

Isso nunca nos preocupou, porque juntar duas crianças num quarto sempre nos pareceu normal.
Portanto, ao sabermos da chegada de uma terceira criança, a decisão foi simples. Juntávamos os dois miúdos mais crescido no quarto do Zé Maria, que é ligeiramente maior, e o quarto do António ficaria para o bebé que chegaria em breve.

E assim foi. O quarto do Zé passou a ser o quarto dos manos e levou uma reestruturação.
A cama anterior do Zé - que faz de cama de casal e que já estava no quarto dele na casa antiga - passou para o sotão, assim como uma estante de “cubos” do IKEA, que está agora no meu escritório do sótão.

O quarto deles não tem brinquedos, nem será, pelo menos nos primeiros anos de vida escolar (quando lá chegarmos) o local onde irão fazer os trabalhos de casa. Portanto só precisávamos mesmo de duas camas e colchões. Tudo o resto que está no quarto deles foi apenas uma “remodelação” e mudança com coisas que já estavam cá em casa.

Optamos por camas e colchões extensíveis do IKEA, que temos actualmente montadas no tamanho mais pequeno, o que facilitou a passagem do António da cama de grades para a cama individual, o até o Zé gostou da cama nova apesar de ser bem mais pequena do que a cama a que estava habituado, com a vantagem de estas camas - este modelo específico - nem precisar de resguardo lateral contra quedas...



Mantivemos a cómoda do Zé e trouxemos a do António do antigo quarto dele - que é igual à do Zé - também um modelo do IKEA. O antigo cadeirão da minha mãe, que fez parte do primeiro quarto do Zé e estava agora no quarto do António também passou para o quarto deles, para ser o cadeirão de contar as histórias antes de ir para a cama.

Em vez de uma mesa de cabeceira optamos com colocar uma outra estante de cubos mais pequena - que já tinha estado na cozinha da casa antiga e agora estava no quarto do António -  onde colocámos os livros deles e onde está o candeeiro de apoio.
De resto foi reorganizar os quadros e as decorações de parede, mas não foi preciso comprar mais nada.

O Zé ficou com muita pena de já não ter a capa de edredão dos carros que a minha mãe lhe tinha feito, mas a habilidosa avó conseguiu transformar a capa de edredão em duas capas mais pequenas, e assim cada um ficou com uma. E foi uma enorme alegria ver a cara deles quando perceberam que tinham a capa dos carros e uma para cada um.

Quanto aos brinquedos, tirando uns quantos peluches que estão numa arca de verga que já tinha sido minha quando era bebé, estão arrumados nos locais onde eles efetivamente brincam: na sala ou no sótão.

Mantivemos os mesmos cortinados, o papel de parede e a maior tarefa foi mesmo reorganizar as roupas e o calçado dos dois, para deixarmos tudo livre no outro quarto, para receber o novo membro da família.

Sou só eu que gosto de quartos mais simples e sem grandes confusões? Fáceis de arrumar e organizar? Aproveitando móveis de outras divisões, muitos deles bem antigos, para criar um quarto “novo”? Também optariam por colocar os dois no mesmo quarto?


Contem-me tudo!

17 comentários:

  1. Está muito bonito o quarto... Pessoalmente prefiro não juntar as crianças no mesmo quarto, nunca gostei de partilhar o quarto com a minha irmã, uma vez que tínhamos vontades diferentes (luz acesa, etc) por isso prefiro não o fazer com os meus filhotes. Mas quando não existe outra solução parece-me uma ótima opção... Que corra tudo bem com a chegada da nova bebé ☺

    ResponderEliminar
  2. Adoro a decoração! :)
    Nos dias que correm nos quartos dos miúdos existem mil e uma coisas não restando muito espaço, fico sempre com a sensação de "claustrofobia", sendo que na realidade eles não precisam de bens materiais mas sim amor, carinho e toda a nossa atenção.
    Ainda não tenho filhos mas quando os tiver a decoração dos seus quartos pelos menos inicialmente será muito idêntica a essa, não é preciso mais nada!
    Toda a minha vida partilhei o quarto com a minha irmã (temos 6 anos de diferença) e é das melhores recordações que tenho. Somos basntante unidas e é das pessoas mais importantes da minha vida.
    Um grande beijinho Joana

    ResponderEliminar
  3. Olá Joana😀 Bom dia! O quarto dos miúdos está o máximo, com um aspecto muito simples, clean e funcional. Quanto à questão que coloca sobre se poria 2 filhos no mesmo quarto ? Claro que sim, sem dúvida! Pois aprende-se a partilhar espaços, partilhar gostos, torna os laços afectivos mais estreitos, enfim só coisas boas!

    Bem haja pela forma simples, clara e objectiva como a Joana no papel de Mãe / Dona de Casa coloca as coisas.

    Que tenha uma hora pequenina e que a V/ menina venha com muita saúde!

    Beijo

    ResponderEliminar
  4. Eu tambem coloquei os dois filhos no mesmo quarto com a chegado da Francisca também tenho muitos móbeis ikea e kando mudar de casa também vou lá comprar alguns moveis para a sala de ja tarde e karto da pequena e despois mostrou bjs

    ResponderEliminar
  5. o quarto está fantástico, amei, simples bem como eu gosto, adoro essas comodas e camas, são lindas
    bjinhos

    ResponderEliminar
  6. Gosto muito da decoração simples e sem "tralhas" pelo caminho...
    Ando em luta para destralhar para ser mais fácil tratar das coisas e mesmo para os miudos brincarem... Não tem sido uma luta fácil, mas um dia chegamos lá!
    Que seja uma hora pequenina e boa!
    Beijinhos!
    5 em Crescendo

    ResponderEliminar
  7. está tão giro!!! os meus filhotes também partilham quarto... sou adepta! estou a pensar pôr beliche. bjossss doces!!

    ResponderEliminar
  8. Adoro o quarto dos meninos. Está muito simples e fresco tal como deve ser o quarto das crianças, ajuda a relaxar. Tenho dois meninos, um com 4 e outro com 7, que partilham quarto desde o momento em que o mais pequeno passou a dormir a noite toda. Partilhei quarto com a minha irmã durante alguns anos. Apenas na adolescência (temos uma diferença de 6 anos) pedi a minha mãe para ter um quarto só para mim ao qual ela acedeu sem problemas. Pretendo fazer o mesmo com os miúdos. Eles querem ficar juntos portanto transformei um dos quartos disponíveis num quarto de brincadeiras. No quarto de dormir também só livros e alguns peluches. Enquanto funcionar e eles foram felizes porquê mudar?

    ResponderEliminar
  9. Também gosto de quartos simples, fáceis de organizar e limpar.
    Gosto muito dessa parede às riscas azuis.

    Beijinhos,
    Clarinha
    https://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2018/01/salmao-grelhado-bem-acompanhado.html

    ResponderEliminar
  10. Desde q a mh mana mais nova saiu do quarto dos meus pais (em bebé) q dividimos quarto até à adolescência, momento em q ela pediu p dormir num quarto sozinha. Porém, tenho apenas boas memórias desses tempos (tirando qd ela tinha 1 ano e conseguia sair do berço, pelo pé dela e literalmente correr a casa toda e claro, eu acordava e já andava na escola primária; mas tirando esses meses, td correu bem a seguir). O nosso quarto tb era simples: o armário embutido, uma secretária/cómoda com duas portas de vidro onde estão guardadas as melhores bonecas e nas gavetas roupa e uma mesinha de cabeceira. E nada mais! Porque estudar era ou na cozinha (a meio da tarde) ou no escritório. Nunca tivémos (nem temos!) TV no quarto nem nenhumas 'tecnologias' a não ser, mt mais tarde, uma mini-aparelhagem. Até o despertador continua a ser a pilhas :) Por isso, Joana, o quarto dos teus meninos está espectacular e o António está na fase de querer ter coisas como o irmão e acho q dividirem o quarto só os vai aproximar ainda mais! A decoração está discreta e bonita e não precisam de facto de mais nada :) O quarto onde dormimos (principalmente o das crianças!) deve ser o mais simples possível, sem tralhas nem 'distracções', para o descanso ser pleno! Mts crianças/jovens têm défice do sono precisamente pq o quarto deles está atulhado de coisas! Simplificar está na ordem do dia! Bjinhos e tudo de bom nesta fase final (e tb na inicial, dps de chegar a vossa menina ;) )

    ResponderEliminar
  11. Gosto muito da declaração do quarto, simples e confortável. O quarto da minha filha é bonito mas o espaço é muito pequeno o, tenho muita pena por isso.
    Espero que tenha uma boa hora. Felicidades.

    ResponderEliminar
  12. O quarto está muito bonito e funcional. Apenas fazia uma pequena alteração. Eu poria a estante de 8 cubos na horizontal. Assim, pode servir também de mesa de cabeceira ou colocar alguma coisa em cima para estar mais à mão. Com a estante na horizontal, o livros ficam todos acessíveis às mãos dos pequenotes. É apenas uma sugestão.
    Uma hora pequenina e depois venha cá contar a boa nova :)
    Felicidade e um grande beijinho,
    Joana Carvalho

    ResponderEliminar
  13. Ola Joana. Esta muito bem o quarto dos rapazes assim. E como ficou o quarto da menina? Mas o trocador esta no quarto deles? Pela a foto e a descricao que faz percebi que sim. Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Olá
    excelente para criar laços (ainda mais) entre irmãos, nas partilhas ao final do dia (já deitados) dos seus gostos e aventuras :)
    Gosto muito do ar calmo e da arrumação fácil.
    Boa continuação

    ResponderEliminar
  15. Olá Joana! Parabéns pela decoração, o quarto está lindo, luminoso e muito prático! Mas concordo com a Joana Carvalho do comentário acima: também colocaria a estante entre as camas na horizontal. Ficaria mais ligeiro em termos visuais, não há perigo de queda da estante (que acredito que esteja presa à parede) e para o acesso aos livros era mais fácil pois assim chegam facilmente às prateleiras. Além disso, permitiria ter um candeeiro para cada um nas extremidades... só uma opinião e vale o que vale!
    beijinhos
    Elsa

    ResponderEliminar
  16. Boa tarde Joana,
    Queria saber como fez esses quadros com as roupas deles. gostava de fazer um com as primeiras roupas das minhas filhas mas não há nenhum que me encha as medidas. eu queria um onde houvesse espaço para a roupa e tivesse vidro.

    obrigada. tudo a correr bem

    ResponderEliminar
  17. Durante a adolescência sempre dividi quarto (primeiro com a irmã, depois com o irmão) e até gostava.

    ResponderEliminar