quinta-feira, 23 de junho de 2011

Aproveitar: Caldo de Legumes Caseiro

Provavelmente já vos aconteceu ficarem com pena de deitar fora a rama do alho francês. E os talos dos brócolos ou couve flor ou dos espinafres ou de qualquer outra verdura.
Nos últimos tempos passei a guardar todos esses aparentes "desperdícios" num saquinho no frigorífico.Há dias em que os talos dos brócolos e couve flor engrossam a panela da sopa. Mas na maioria das vezes, quando é preciso caldo caseiro para um arroz ou qualquer outro prato, esses desperdícios saem do saco e vão para a panela juntamente com uma cebola e cenoura , água e alguns temperos. E o caldo fica ali a ferver baixinho e é usado em várias preparações - este ultimo foi usado num risotto delicioso.
E assim, para além de evitar usar produtos industrializados, aproveito também os restos que aparentemente só tinham o lixo como destino.(E nada de desperdícios!). Aqui fica a sugestão.

11 comentários:

  1. Costumo utilizar a rama do alho francês para fazer sopa mas os restantes de que fala iam para lixo. Uma boa sugestão a sua para fazer aproveitamentos!

    ResponderEliminar
  2. Óptima ideia!Gostei muito desta sugestão.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Já há muito tempo que faço isso. Até os talos (q as minhas filhotas detestam) da alface e couve eu congelo e quando faço sopa, lá estão eles bem passadinhos.
    Cristina Coelho

    ResponderEliminar
  4. olá joana,sigo regularmente o seu blog e comprei o seu livro com muito gosto. ando aqui preocupada com o presentinho que hei-de oferecer às duas professoras das minhas filhas. todos ós periodos lectivos, gosto de lhes oferecer algo original e, de preferencia, feito por mim e pelas miudas. ja ofereci, compotas caseiras, presentinhos de ponto de cruz, plantas embaladas de foma original, objectos com a tecnica do guardanapo... este periodo, não sei mesmo. pensei em si para me ajudar.
    o conjunto das maes vai oferecer um presente de mais valor, no qual também participo, claro, mas gostava de seguir a minha tradição e presenea-las com uma coisa mais simbolica mas original.
    sugeria um post de "presentes para professoras no final do ano..." lol

    ResponderEliminar
  5. Ai mulher, eu só pergunto, como é q tu tens paciência para isto tudo :) (gostava de ser como tu :p)

    jocas

    ResponderEliminar
  6. Olá Joana
    eu também costumo fazer caldo deste tipo, mas de galinha. Quando cozo frango junto uma cebola, cenoura, alho francês e um raminho de tomilho. Depois de tudo cozido retiro o frango e tituro tudo, passo por um passador e congelo em cuvetes do gelo. Depois é só utilizar quando necessário. Neste caldo que fez também tritura os legumes ou não?
    bjs

    ResponderEliminar
  7. Olá Colher de Pau,
    Cá em casa já há muito que a parte verde do alho francês, os talos dos bróculos, da couve flor e as cascas da abóbora (bem trituradas, nem se notam), talos de espinafres ou outros legumes que normalmente iam para o lixo; têm como destino um Tupperware no congelador e, conforme vou fazendo as minhas sopas vou tirando, e vai para a panela mesmo congelado.
    Depois de tudo bem triturado com uma boa varinha mágica.... é só vitaminas e um creme super aveludado...
    Bjs
    Teresa C.

    ResponderEliminar
  8. Que óptima ideia! Ahh e a palavra "flor" não tem acento...
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  9. Caríssima,

    ajude a malta e explique lá a quantidade de água e de tempo de cozedura. É que há nabas na cozinha, sabia?!

    ResponderEliminar
  10. otimas dicas . obrigada

    ResponderEliminar