quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Medidas para (tentar ajudar) a combater a crise #3

#3- Cozinhe
Todos sabemos que uma grande parte do nosso orçamento doméstico é para alimentação.
Mas a maior parte das famílias não compra apenas os alimentos "em bruto" para consumir em casa. Compram-se refeições pré-prontas e congeladas. Bolachas, bolos, batatas fritas de pacote, snacks, ... E além disso ainda gastamos mais dinheiro a comemos fora, quer seja almoços e jantares, quer seja nos pequenos snacks e lanches, nos take away nos dias em que chegamos tarde do trabalho, nos bolos das pastelarias em dias de festa e de aniversário...

Apesar de agora se falar muito em levar o almoço de casa para o trabalho - em alternativa a ir almoçar fora - há muito mais em que se pode poupar, se passarmos a cozinhar mais em casa.

1 - Leve o almoço de casa para o trabalho: Se não pode ir almoçar a casa, opte por, ao jantar, cozinhar uma quantidade maior de comida de modo a que lhe sobre para o almoço do dia seguinte. Embale numa caixa plástica para o efeito e guarde no frigorífico. No dia seguinte leve para o trabalho dentro de um pequeno saco térmico, juntamente com uma peça de fruta, sopa e água. Se no seu local de trabalho não existe um sítio próprio para fazer refeições (com mesa, microondas e frigorífico), junte-se com os seus colegas e discutam essa opção com os superiores.

2- Habitue os seus filhos a levarem a comida de casa: Apesar de ser mais simples dar dinheiro às crianças e de as deixar lanchar no bar da escola, é muito mais saudável e também económico, levar a comida de casa. Um pão com queijo ou fiambre, uma peça de fruta, um sumo ou um pacote de leite são mais do que suficientes, e além disso nutritivos,  para as crianças comerem nos pequenos lanches da tarde e da manhã.

3- Faça uma ementa semanal: A organização é meio caminho andado para evitar desperdícios. Se perder 15 minutos por semana a fazer a ementa das refeições da semana, ver aquilo que tem disponível a consumir em casa e a fazer uma lista de compras, vai ver que cozinhar todos os dias se torna uma rotina simples e rápida. Saiba aqui como o fazer da melhor maneira.

4- Prepare refeições para congelar: Há aqueles dias em que  - mesmo com a ementa semanal - não temos tempo para cozinhar. Sai-se do trabalho até ao take away mais próximo! Evite esse gasto. De vez em quando aproveite uma tarde de fim de semana - ou uma noite mais calma - para cozinhar uma ou duas refeições para congelar. Pode ser uma lasanha, um frango assado, um prato de bacalhau. Seja o que for deverá ser congelado depois de cozinhado. Ao chegar a casa basta colocar no microondas a descongelar e depois a aquecer enquanto se organiza, pôe a mesa ou dá banho às crianças.

5- Faça Bolos e Bolachas: Em vez de encher o carrinho de supermercado com alimentos processados e cheios de gorduras hidrogenadas, açúcares e mais corantes e conservantes do que aqueles que con seguimos inumerar opter por fazer estas coisas em casa. Se tiver filhos é uma boa maneira de passar tempo com eles, ao mesmo tempo que preparam deliciosas iguarias. Façam bolachas, barras de cereias, bolos e muffins. E durante a semana encham as lancheiras quer para a escola quer para o trabalho com os vossos cozinhados. É, pelo menos muito mais saudável.

6 - Faça os seus próprios bolos de aniversário: Isto é valido para os bolos de aniversário ou para qualquer outra coisa que por habito passamos a comprar fora (sobremesas de natal, salgadinhos...). Há anos que não compro um único bolo de aniversário. Mesmo que não fique tão bonito como os de compra têm sempre um significado diferente. Além dos bolos cá de casa, ofereço-me muitas vezes para fazer o bolo de anos dos pais, irmãos, avós. E se não souberem mais o que oferecer, um bolo de aniversário caseiro é, em última análise um bom presente.

7 - Aproveite toda a comida, sempre que possível: Se sobrou de uma refeição, recicle e crie uma refeição nova ou então congele para mais tarde. Se lhe oferecem ou se tem  fruta em maiores quantidades do que consegue consumir prepare compotas ou sumos ou congele a polpa. Aproveite legumes em excesso e prepare-os e congele-os para utilizar mais tarde. Faça o mesmo se se estiverem a estragar.Se tem sobras de pão duro faça pão ralado caseiro, ou uma açorda, ou um pudim de pão. Evite deitar comida fora

26 comentários:

  1. óptimas sugestões,como sempre.
    Obrigada pela partilha.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Olá ;)
    Que boas ideias,coisas simples que as vezes nunca nos lembramos, vamos sempre pela maneira mais fácil.

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  3. optimas ideias!grande parte delas é posta em pratica lá em casa! ;)

    ResponderEliminar
  4. São óptimas dicas e coloco-as todas, sem excepção, em prática no meu dia a dia. E já vi resultados no orçamento mensal, sobra alguma coisinha por pouco que seja.
    Para além dessas dicas tenho uma que passei a seguir religiosamente:já não como fora de casa, pois somos 5 e sai muito caro! a não ser que me convidem e paguem...ahahah

    Bjokinhas,


    Rita

    ResponderEliminar
  5. Fiz as contas e assustei-me! Não tenho paciência para cozinhar e só de vez em qd me apetece.
    Prefiro passar a papas, comprar qq porcaria ou jantar fora a cozinhar.

    Tenho uns objectivos este ano que implicam uma melhor gestão de custos e qd vi a quantidade de dinheiro q ia nisso...

    Concluindo, vou comer mal (pq continuo a n ter paciência) mas será o q eu cozinhar e não vou ter de pagar um cêntimo por isso (excepto no supermercado, claro).

    ResponderEliminar
  6. Olá, Bom ano!!

    Eu já comei a ffazer estas pequenas alterações no ano passado, mas este ano é para continuar!

    Os folhadinhos que estão dentro das formas coloridas de silicone são de que? (que cuscaaaa) :)

    Bj

    ResponderEliminar
  7. excelente partilha em tempo de dificuldades, algumas são habitos ca de casa ;)

    kiss kiss

    ResponderEliminar
  8. Adorei as sugestões,algumas já sigo aqui em casa.beijos de sol para te iluminar

    ResponderEliminar
  9. Excelentes sugestões! Ainda não consegui planear a ementa semanal, mas vou fazer um esforço. Quanto ao resto já ponho tudo em prática há algum tempo, com excepção às bolachas caseiras (também não compro), é bem mais económico e também poupa tempo.
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  10. Só de facto passando a fazer este tipo de coisas percebemos o quanto andávamos a gastar sem necessidade. A necessidade faz com que mudemos os nossos hábitos e, neste caso, ainda bem. Croquetes, bolachinhas, almoço em casa, etc... tudo mais saudável e económico.
    Das ideias dadas falta-me o planeamento da ementa semanal. Já tentei mas depois aldrabo tudo. Poderá ser uma das resoluções do Ano Novo.

    ResponderEliminar
  11. Olá, óptimas sugestões, como sempre! Algumas já pratico há algum tempo, gostaria de começar a fazer o menu semanal, acho que poupamos em tempo e dinheiro. Vou tentar!
    Beijinhos e Bom Ano!

    ResponderEliminar
  12. Olá a todos os que vão ler este comentário neste blogue ou noutro muito bom como este. Pois é, estou encantado com todos estes pratos tão bem confeccionados. Pois, eu gostava de fazer igual, mas não consigo. A vida é dura e obrigou-me a morar sozinho, e a cozinha não é de todo o meu local favorito. Mas estou a tentar conhecê-la, mas as aventuras têm sido imensas. Fiz um blog humilde para colocá-las em forma de crónica pouco extensas. Gostava muito que todos vocês o visitassem e se possível o seguissem. É que tentar cozinhar e depois não ser ajudado, é algo muita mau.
    Cumprimentos a todos!

    http://tenhosalfaltamecolher.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  13. Adorei as sugestões! Em tempos de crise, não se pode mesmo desperdiçar nada, muito menos comida, que faz falta a tanta gente!
    http://amarycanlife.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  14. Estes truques são mesmo verdade, é assim que faço cá em casa. LLevo almoço para o trabalho, congelo alimentos, aproveito todos os restos, e só compro o que preciso. O que não consigo mesmo fazer é preparar menus semanais! a minha organização não chega a tanto!

    Bjs

    ResponderEliminar
  15. Descobri hoje o seu blog. Muito bom, parabéns!
    Continue porque é uma mais valia para nós!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  16. Olá!!!

    Foi através do teu blog k consegui oferecer algumas prendas este ano, e as pessoas adoraram apesar do meu marido estar apreensivo, acharam super interesante e um miminho feito por mim (nós eu a e aminha filhota), mto obrigada pelas partilhas sao super interessantes e lembram-nos coisas mto importantes. beijinhos e mta força e coragem para continuar.
    Claudia

    ResponderEliminar
  17. Boa ideia! As tuas ideias não param! :)

    ResponderEliminar
  18. Olá a todos os que vão ler este comentário neste blogue ou noutro muito bom como este. Pois é, estou encantado com todos estes posts bem feitos, quase que desenhados. Pois, eu gostava de fazer igual, mas não consigo. O meu dilema agora é cozinhar… A vida é dura e obrigou-me a morar sozinho, e a cozinha não é de todo o meu local favorito. Mas estou a tentar conhecê-la, mas as aventuras têm sido imensas. Fiz um blog humilde para colocá-las em forma de crónica pouco extensas. Gostava muito que todos vocês o visitassem e se possível o seguissem. É que tentar cozinhar e depois não ser ajudado, é algo muita mau.
    Cumprimentos a todos!

    http://tenhosalfaltamecolher.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  19. Olá,
    concordo com o teu post em pleno, pois eu sigo estas tuas sugestões todas há muito tempo.
    Sempre levei o almoço para ao trabalho, por dois motivos fundamentais para mim: saúde e dinheiro.
    No poupar é que está o ganho e infelizmente só em tempos de crise é que se descobrem que por vezes gestos tão simples são suficientes para darmos a volta por cima.
    Adorei o teu post.
    Bjnhs e bom fds :*

    ResponderEliminar
  20. Olá, antes de mais um feliz 2011 a todos que visitam este seu espaço e em especial para si.
    Passei mais uma vez para ver as novidades e como sempre excelentes ideias ...
    Tenho por habito fazer já à bastante tempo muitas das coisas que aqui falou, as únicas que não fazia era ementa semanal e bolos de aniversário, mas de algum tempo para cá estou a criar esse hábito.
    Em relação aos lanches das crianças elas já o fazem à muito e fico mais descansada. Em relação aos almoços sempre o fiz e como disse e muito bem poupa-se imenso dinheiro.
    Parabéns mais uma vez e continuação de bons trabalhos e ideias.

    Beijinhos,

    Isabel Neves

    ResponderEliminar
  21. obrigada pela ideia! realmente podemos poupar muito em coisas tao simples...

    ResponderEliminar
  22. Olá, descobri o seu blog recentemente e adorei desde o inicio ao fim, optimas ideias. Gostava que fizesse post com mais frequência, com mais ideias... Sobre este tema e em especial sobre congelar comida já feita ocorre-me sempre o mesmo lasanha! Gostava de saber que mais comidas podemos congelar.
    Um bom ano.

    ResponderEliminar
  23. Oláá... tudo bem??!
    Estava viajando pela net e encontrei o seu site.. li e aprovei!! =D

    e já sou sua mais nova seguidora..
    segue o meu tb...

    www.makeupdebombom.blogspot.com

    bjinhoss...

    ResponderEliminar
  24. Querida Joana, vou pedir-lhe que me prometa que nunca, mas nunca, jamais, em ocasião alguma, vai querer acabar com este blog. É que pronto, depois de o ver, tenho-o como meu guião de « poupança e organização ». (:

    ResponderEliminar
  25. Concordo plenamento com a dos bolos de aniversário, poupa-se imenso :)

    ResponderEliminar