quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Organização: Enquanto se faz o jantar....





Sempre ouvi dizer que não há nada melhor do que aprender pelo exemplo. E é um bocadinho isso que vou tentar fazer hoje.
Muito me questionam acerca de organização e da minha gestão de tempo, principalmente na cozinha, e tendo dois miúdos pequenos. O “como tens tempo para tudo”? Eu não tenho tempo para tudo, e muitas muitas vezes apenas faço uma gestão de prioridades num dado momento. E além disso, tenho uma enorme vantagem em relação à maioria das pessoas que conheço. Eu faço a gestão do meu próprio tempo, não respondo a um patrão e a um emprego “das 9 às 17”. E isso facilita muito a tarefa do “ter tempo para tudo”.

Mas como vos dizia, faço uma gestão de prioridades. Se programo 10 coisas para fazer num dia, e depois não o consigo fazer porque entretanto o filho mais pequeno está e birra e só quer mimo, ou tenho mesmo de responder a certos mails e tratar de alguma coisa que entretanto apareceu, o que eu faço é fazer apenas e só o que tem mesmo de ser. E definir o que não é urgente e pode passar para outra altura... Ter conseguido fazer esta gestão das “prioridades”, ajudou-me a ser ainda mais organizada...

Mas eu quero mesmo é dar-vos um exemplo de como me organizo, para que vos inspire e vos ajude na medida do possível e dentro do que me têm pedido.
Ontem entrei na cozinha às 19h. É importante dizer que a cozinha estava arrumada e organizada, porque isso também é importante.

Era preciso fazer o jantar, com sopa incluída, e organizar algumas compras desse dia, e assim ao mesmo tempo, organizar outras refeições desta semana.
Fui ao frigorífico e retirei os legumes para fazer a sopa. Descasquei, cortei em pedaços e coloquei na Bimby. (Igual se fosse na panela, ok!). Liguei a Bimby e passei à tarefa seguinte: começar a fazer o jantar. A carne estava temperada, havia arroz feito no frigorífico (que já tinha feito propositadamente a mais no dia anterior) e grelos cozidos do dia anterior, que cozi um molho inteiro e sobraram para outra refeição. Tacho ao lume, azeite e a carne que já estava temperada a cozinhar lá para dentro. 
Entretanto abri a embalagem de cogumelos. Arranjei metade para juntar à carne no tacho e a outra metade depois de lavada, seca e pronta a usar, colocada numa caixa para colocar depois no frigorífico.
Tinha comprado frango que temperei logo e assim está pronto a assar para o jantar do dia seguinte. Fiz o mesmo com uma tranche de salmão: temperei e guardei no frigorífico para o almoço do dia seguinte. (Nota: ajuda imenso terem pirex com tampa, que vão do frigorífico ao forno sem ser necessário sujar mais louça - atenção que têm mesmo de ser Pirex!)

Entretanto a carne do jantar estava quase cozinhada, juntei-lhe os cogumelos e mais umas coisas e continuou a cozinhar. A sopa entretanto acabou de cozer e foi só triturar.
Ainda tive uns minutos para cortar e lavar um molho de couve kale para saltear como acompanhamento do jantar de uns destes dias, e preparar umas cenouras em palitos que o Zé gosta de comer como snack.

Coloquei tudo no frigorífico e acabei o jantar envolvendo na carne o arroz cozinhado. Aqueci os grelos e coloquei a mesa. Eram 20h15 minutos. Chamei para o jantar!
(Com dois filhos pequenos, nem sempre é fácil ter uma hora em que eles não estão de volta de nós... E isto não acontece todos os dias. Portanto quando o Miguel chega mais cedo, e consegue estar com eles a brincar e a distraí-los, eu aproveito para adiantar o máximo de coisas possíveis...)
Sendo assim, fiz o jantar, preparei o almoço e jantar de quarta, e ainda adiantei um pouco o jantar de quinta feira. 


Também fazem o mesmo? Que truques usam? Expliquei-me bem?
(E fiquem sempre a saber mais coisas através do Instagram. Se ainda não me seguem façam-no aqui: https://www.instagram.com/joanaroque78/)

10 comentários:

  1. Sim, super bem!

    Faço exatamente o mesmo por aqui. Já comprei caixas de pirex porque gosto sempre de fazer lasanha e empadão para congelar. Depois basta tirar e levar ao forno. Num instante tenho uma refeição. Sopa há quase sempre no frigorífico e sempre que faço um acompanhamento, gosto de fazer um pouco a mais para dar para outro dia. É uma óptima gestão de tempo e resulta muito bem.
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dá para levar ao forno ainda congelado ou é melhor por a descongelar?

      Eliminar
  2. Olá Joana,
    concordo e subscrevo tudo o que diz. AO contrário da Joana, trabalho fora, num escritório, na área comercial, que não é das 9H às 17H (quem me dera) mas sem horário. Como tal necessito de gerir muito bem o meu tempo dado que preparo almoço e jantar sempre! Faço compras ao sábado, onde tal como a Joana, chego a casa e perco tempo a arranjar legumes, a cozinhar, a preparar marinadas para no domingo cozinhar o que tiver que congelar, para durante a semana ser mais fácil de chegar a casa e ter a comida na mesa em meia hora :)Faço sopa de 2 em dois dias e recorro também à maravilhosa máquina, tal como faço na panela.
    Tendo tudo previamente arranjado e congelado permite que durante a semana o meu tempo na cozinha seja mínimo sem descurar uma boa alimentação.
    Para não falar de estar fora, o tempo que perdemos nas deslocações casa-trabalho-casa obriga-nos mesmo a ser mais organizados. Sem dúvida que as ementas são fundamentais, quer para a carteira como para evitar desperdícios.
    Obrigada pela publicação pois às vezes penso que sou caso único em ser assim :)
    Beijinhos
    Romã:*

    ResponderEliminar
  3. Deixo uma nota: o ikea tem umas caixas de vidro com tampa hermética que são mt boas para ir ao congelador/forno/mesa:)

    ResponderEliminar
  4. E tem de ser assim. Para mim é aos domingos, faço sopa, almoço e jantar para segunda.
    À noite quando chego a casa, cansada já tenho o jantar prontinho... É aquecer e descansar um pouco.
    Faço sempre almoço e jantar na véspera, assim vou me organizando e tento fazer duas versões para ficar por exemplo para terça e quinta.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2017/01/pizza-de-couve-flor.html

    ResponderEliminar
  5. Este fim de semana vou por estas dicas em prática!

    ResponderEliminar
  6. Aprendi com minha mãe que tudo que se possa adiantar nos afazeres da cozinha facilita a organização das refeiçõese quando se tem filhos isso é muito mais necessário. Quando tinha pequenos eu fazia isso a noite, depois que eles dormiam, ou me levantava muito cedo... Bjs e boa sorte aí na lida!

    ResponderEliminar
  7. Mto bos dicas,mas este tbem faço ponho é os pires dentro sacos plástico transparentes á falta de tampas��

    ResponderEliminar
  8. Para já tenho o habito de fazer uma panela de sopa ao sabado ou domingo (conforme disponibilidade mas sempre ao fim-de-semana) e congelar em doses individuais.
    Como fazemos ginasio 2x por semana é optimo pq basta tirar demanha, deixar no frigorifico a "descongelar" e a noite enquanto tomo banho é so deixar no fogao em lume baixo para ferver e aproveito e meto uns ovos a cozer por exemplo. Era impensavel chegar a casa, tarde, casada do ginasio e ainda cozinhar. Assim assunto resolvido.
    Tenho de me aventurar com mais refeiçoes prontas :)

    ResponderEliminar
  9. eu reparei que os meus "Problemas" eram com os lanches. e passo a explicar, quando eu chego a casa gosto de tomar um café sentada e sossegada e comer algo (e geralmente venho cheia de fome). eu cheia de fome sou pior que um bicho. entao algo que eu notei que me fez diferença na organizaçao foi ter sempre snacks preparados... se eu chego com fome faço cafe, como algo e depois ja enfrento tudo o que faz falta com outra disposição :D

    e nós por cá temos o habito de cozinhar sempre a mais, porque assim ou sobra para algum tuperware ou fica para algum dia de "preguiça". tambem deixamos muita coisa adiantada porque se vamos tocar nas panelas para algo melhor sujar tudo duma vez e assim vai tudo a maquina naquele momento e fica tudo arrumado.

    ResponderEliminar