segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

A 16 dias do natal ....



A contagem decrescente para o Natal está cada vez mais apertada!
Mas finalmente todos os presentes estão comprados e uma grande parte já está embrulhada!
Os cabazes de natal têm todas as receitas definidas. Já há Compotas, marmeladas, geleias, chutneys e uns frasquinhos com uma mistura de especiarias que partilharei em breve no Blogue “As Minhas Receitas”. Há bolachinhas e bolos para fazer, mas só depois de dia 17 acho que o vou conseguir fazer! 

Já tenho saquinhos de celofane para embalar o que for necessário e um sem número de frascos para muitas outras coisas. As decorações dos cabazes também já tenho.
Este ano, o que está mesmo, mesmo atrasado, são os postais de natal que ainda nem a nossa foto da praxe tiramos!!! Não podemos deixar isto para muito mais tarde!

Também já está definido onde e como vai ser o natal este ano, e ao que parece não vou fazer nada cá em casa! Não fiquei muito feliz com esta ideia para dizer a verdade, mas respeitas as opções e decisões dos outros também é Natal, e não pode ser sempre tudo como eu idealizo. Mas de certeza que vai correr tudo igualmente bem. E já tenho a minha lista de coisas a fazer!


Portanto, por aqui tudo de encaminha! E nas vossas casas? Como vão esses preparativos?

sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

Embrulhos Originais


Embirro com as prendas embrulhadas nas lojas, Embirro com a moda dos sacos agrafados e fazerem de embrulho. Gosto de embrulhar presentes e gosto ainda mais de os personalizar. E gosto de ver esses embrulhos debaixo da arvore de natal, que ficam sempre melhor do que um sem número de sacos debaixo da árvore. 
Muitas vezes não peço embrulhos nas lojas e embrulho eu em casa. É também uma vantagem de algumas compras online. Porque temos de ser nós a embrulhar!
Ultimamente tenho embrulhado em papel kraft reciclado, que podem comprar em papelarias. São baratos, dão para imensas coisas, e são mais simples de reciclar e até ecológicos porque não têm tintas.
Outra ideia é usarem restos de tecidos para embrulhar, panos ou até sacos de tecido. Vi até embrulhos muito giros usando panos de cozinha com enfeites natalícios...
E depois os presentes podem ser personalizados de muitas formas. Este ano com carimbos que comprei na tiger, com fitinhas, com etiquetas que pedi aos miúdos para desenharem, principalmente para as prendas dos avós. Podem usar flores secas e até ervas aromáticas como alecrim ou louro do jardim. Até fazendo colagens e composições.

Eu gosto de personalizar os meus presentes. Gosto que sejam todos uniformes e bonitos. É outra vez a mesma questão dos cabazes. Pequenos gestos, pequenos pormenores que fazem a diferença e que, para mim, são espírito de natal!


Quem também gosta de embrulhar presentes e de os personalizar?

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

15 Receitas de Bolachas para os Cabazes de Natal


Para quem faz os seus cabazes de Natal, e gosta de oferecer bolachinhas e biscoitos, esta é altura de começar a pensar nas receitas que querem fazer.
Podem optar pelas mais variadas receitas, desde as bolachas para usarem cortadores, a biscoitos mais clássicos, cookies de chocolate, ou mesmo versões mais saudáveis de bolachas. Podem optar também por um sortido de bolachas caseiras.

Para se irem inspirando, deixo-vos o link para as minhas 10 receitas de bolachas e biscoitos favoritos para oferecer no natal:



Ainda vão a tempo de testar algumas receitas para oferecer! Nem que seja um miminho para as professoras e educadoras dos nossos filhos, para as amigas de coração, ou simplesmente para a tia gulosa!

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Calendário de Advento 2019


Dezembro já leva 4 dias, mas não queria deixar de partilhar aqui as nossas ideias para o calendário de advento deste ano!
O calendário em si, encontrei ainda em Outubro à venda no Aldi, e consiste em 24 casinhas de papel - que já vinham prontas a montar em casa.
Depois de montar as casinhas, coloquei-as sobre o móvel, numa espécie de Aldeia Natal.
Escrevi 24 tarefas/sugestões/ideias muito simples, apropriadas à idade deles e à nossa disponibilidade diária e coloquei cada uma delas numa gavetinha de um outro calendário de advento que temos. Todos os dias procuramos na gaveta do dia a actividade/ideia proposta e depois de feita colamos na casinha de papel a mensagem, e viramos a casinha, numa contagem decrescente até ao Natal. Parece complexo, mas os miúdos têm achado alguma piada a ir à gavetinha e depois a colarem a actividade no telhado da casinha, vendo que cada vez faltam menos dias para o natal!



As nossas actividades são realmente simples. Desde escrever a carta ao pai natal, ler uma história de natal debaixo da árvore, fazer bolachinhas, fazer desenhos para dar aos avós e tios no natal, agradecer uma coisa boa do nosso dia, montar um lego pequenino especial de natal, ir ver as luzes de natal, fazer uma actividade com os amigos, separar um brinquedo para dar, partilhar algo com um amigo ou com o irmão, ...
Coisas que realmente possam ser feitas diariamente e que lhes mostre também um pouco do espírito desta época.


E por aí? Prepararam um calendário de advento? Fazem actividades ou apenas colocam miminhos?

terça-feira, 3 de dezembro de 2019

A 22 dias para o Natal...


A 22 dias para o Natal os presentes para todos os sobrinhos e afilhados estão comprados.
Os presentes dos meus pais estão definidos mas como tenho tido os miúdos doentes ainda não pude ir comprá-lo. Faltam os presentes dos cunhados, e acho que a esta altura do campeonato é raro já não ter tudo comprado, mas este ano estamos assim.
Já há compota de abóbora feita, chutney de cebola roxa, geleia de cascas de maçã e marmelada feitas - tudo receitas no blogue.
Já comprei os sacos de algodão, fitas, bolinhas e outras decorações para os meus cabazes de natal. Já reuni frascos vazios para guardar as diferentes iguarias.
Já tenho uma lista de tudo o que quero fazer para os cabazes. 
Preparei o calendário de advento dos miúdos mesmo a tempo do inicio de Dezembro.
Mas...
Ainda não decorei os sacos para os cabazes, ainda não comprei os sacos de celofane, ainda não tratei de nada para os postais de natal deste ano e ainda não embrulhei um único presentes.
Podia estar melhor por aqui, mas também podia estar pior! Com os miúdos doentes há mais de uma semana e muito limitada nas minhas tarefas, acho que nem estamos muito mal.

Tenho também partilhado,  todas as sexta feiras, algumas novas sugestões para os cabazes de natal de 2019. Para já umas bolachinhas com especiarias, um chutney de cebola roxa e um bolo natalício para oferecer ainda antes do natal, ou como presente de ultima hora! Dia 6, sexta feira, partilharei uma nova sugestão.

Entretanto esta semana sugiro que, tal como eu, aproveitem para se organizarem, e fazer uma lista do que querem fazer.
Por aqui quero começar a embrulhar os presentes dos sobrinhos e afilhados, comprar os transfers para decorar os sacos onde vou oferecer os cabazes, ir comprar os saquinhos de celofane, comprar a prenda dos meus pais e decorar os quase 30 frascos de abóbora que tenho aqui em casa. Esta são as minhas tarefas natalícias para esta semana!


E por aí? Como está tudo a correr!

quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Papas de aveia para a semana


Nada melhor do que poder simplificar as manhãs, normalmente atribuladas de quem tem de acordar, vestir e dar de comer a crianças pequenas, enquando ainda trata de si para sair de casa a horas.
Uma das coisas que passei a fazer e que ajudam e muito as manhãs aqui de casa, foi preparar papas de aveia numas quantas doses, e guardar depois em frasquinhos, no frigorífico, para depois ser apenas pegar, aquecer e comer.
Faço a receita de sempre, mas em maior quantidade, que aqui em casa dá para 6 frasquinhos pequenos, que é a dose que os miúdos comem., E faço a versão mais básica de todas, porque assim, com pequenos complementos agrada a todos. Depois de feitas podem juntar mel e cacau para uns, banana esmagada para outros, maçã ou pêra ralada ou cozida. Não aconselho a juntarem fruta para guardar, pois pode azedar.
Depois de feitas, guardo as papas em em frasquinhos de vidro (cerca de 200ml) reutilizados, no frigorífico. A quantidade exata para uma dose para os miúdos. Obviamente que não é preciso esterilizar os frascos (Não esterilizamos as embalagens onde colocamos a comida no frigorífico, pois não?!)
Depois é guardar no frigorífico até 3 dias (apesar de durar até 5 dias....) Depois é só tirar a tampa e aquecer no microondas e juntar, caso necessário mais leite, ou mel ou a fruta, por exemplo. 
Aqui em casa simplificou as nossas manhãs. E deixou de haver miúdos a refilar e a molengar porque a papa está muito quente porque foi acabada de fazer.

Papas de aveia simples:

1litro de bebida vegetal (eu uso de aveia mas podem usar qualquer outra bebida a gosto ou leite)
 canela em pó a gosto
130g de flocos de aveia finos

Juntar tudo numa panela e misturar. Levar ao lume brando a engrossar, mexendo sempre, cerca de 10 minutos.
Dividir pelos frascos, ainda quente, fechar e colocar no frigorífico. 
Para quem quiser fazer na bimby, basta colocar todos os ingredientes, programar 10 minutos, velocidade 4, 90ºC durante 10 minutos.


Espero que simplifique as vossas manhãs!

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

Vamos lá começar a Preparar o Natal: Faltam 50 dias!


Faltam 50 dias para o Natal. E este ano, tirando os presentes do “Pai Natal” dos miúdos, ainda não comprei presentes para ninguém. Acho que é a primeira vez que isto acontece!
Claro que fiz o que já tinha feito o ano passado: durante o ano acumulei todo o saldo possível do cartão Continente, sem nunca o descontar e no passado fim de semana lá fui eu aos 50% dos brinquedos. Comprei o que eles queriam sem usar “dinheiro” meu, pois usei apenas o saldo do cartão. E convém dizer que não me meti em grandes gastos. O saldo que lá ficou, e que tem de ser gasto até dia 1 de Dezembro é que vai servir para comprar outros presentes (roupa, livros para os miúdos ou até artigos para a casa. Também por isso não me importo tanto de ainda não ter comprado quase nada!)

Como é habitual. aqui por casa, tirando os miúdos: filhos, sobrinhos e afilhados, e as prendas dos pais e irmãos/cunhados, não se compram prendas para mais ninguém. As restantes prendas, são os meus habituais cabazes “homemade” de natal, que faço desde 2006, e que ofereço a todos os nossos amigos e à restante familia!

Para já há marmelada feita e embalada, geleia de casca e caroços de maçã e uma abóbora enorme à espera de de ser transformada em doce de abóbora, o clássico de sempre!
E há já muitas outras ideias para fazer e ir partilhando por aqui. Desde as mais clássicas como os biscoitos e bolachas que não há quem não goste de receber umas bolachinhas gulosas, a outras mais originais, mas sem falhar muito no que faço habitualmente e que podem ver nos anos anteriores.

Este ano também já tenho mais ou menos definido como vou oferecer todas as coisas que compõe os cabazes. Procurei uma solução mais simples mas original, porque sei que nesta altura do ano é sempre tudo a correr, e queria que a função utilidade estivesse presente! Também partilharei a seu tempo!

Para começar, e apesar de parecer que ainda falta muito tempo para se começarem a preparar deixo algumas dicas quer para as prendas de natal, quer para os cabazes:

 - Façam uma lista de todas as pessoas a quem querem oferecer alguma coisa. Não interessa se são os filhos e os brinquedos, ou a colega de trabalho a quem só vamos levar um pacotinho de bolachas caseirasou um frasquinho de compota caseira.

  • Estabeleçam o valor a gastar e não se afastam desse valor.

  • Outra coisa que fazemos aqui em casa, e porque na verdade só oferecemos presentes aos irmãos, sobrinhos, afilhados cunhados e pais, é apostarem no presente útil. Por aqui é o que fazemos. Perguntamos uns aos outros o que estão a precisar, e é isso que oferecemos: desde frigideiras, edredons, malas de viagem, sapatilhas, camisolas interiores, perfumes... falamos entre nós e compramos o que realmente estamos a necessitar.

  • Outra opção simpática, e que uso quase todos os anos com os meus pais  é oferecer “experiencias” ao invés de coisas: bilhetes para concertos os espetáculos que eu sei que eles gostam, estadias num hotel ou pousada.... 

  • Em relação aos cabazes, façam uma lista do que querem colocar em cada cabaz. Sejam objetivos. Um cabaz não tem de ter 10 coisas diferentes. Façam de acordo com sabem fazer e têm dispobibilidade para fazer. A muitas pessoas dou apenas um frasquinho de compota ou uma latinha com bolachas caseiras. Porque só quero assinalar que me lembro delas, O valor não é, de todo o mais importante, mas o gesto!

  • Assim que possível comecem a separar as receitas que querem fazer para os cabazes. Compotas e marmeladas podem ser feitas com muita antecedência. Outro conselho de quem já faz cabazes de natal há muitos anos e dá imensa importância aos pormenores: vão decorando as coisas à medida que as acabam. Por exemplo, como já fiz as marmeladas, já as embalei e decorei. Nos anos em que decido decorar tudo nos últimos dias, dou em doida!


Vamos lá começar a preparar este Natal!!